terça-feira, 19 de agosto de 2014

sentimental.




.
atualmente, o amor da minha vida tem nome composto e reside no nordeste. é daquele tipo de amor que é maior que as regalias que a vida de solteiro proporciona. eu só não sei se ele é pra agora ou para um futuro qualquer. há quem diga que seria melhor desapegar, outros que dizem que devo fugir pra lá e a minha razão que me diz que há tempo para todas as coisas. 
eu sempre desejei casar e compartilhar minhas viagens/filmes/seriados/último-chocolate com alguém, mas com o passar dos anos eu percebi que fazer isso sozinha era mais fácil e prático. gosto da minha solidão, de dormir fora e de conhecer abraços diferentes - claro que nenhum substitui aquele que só recebo quando chego em recife.
tou contando os dias para minhas próximas viagens, que estão com datas marcadas, passagens compradas e pessoas marcadas. claro que eu queria ele do meu lado, mas isso não me abate. relacionamentos nunca foram minha prioridade e acho que nunca serão, o que não quer dizer que qualquer dia eu largue tudo e fuja para os braços daquele que irá me acompanhar em tudo, desde compras no mercado até o desbravamento dos países orientais.
juro que não tenho pressa disso acontecer, pois não quero e nem nunca quis depositar minha felicidade em um único coração.
nada aqui é exato, nada em mim é pra sempre e o amanhã a Deus pertence!

Nenhum comentário: