quarta-feira, 11 de julho de 2012

ato cem e oito.




.
a cada dia eu me afogo mais nesse mundo chamado: maior idade. mal acordo e meu dia já acabou, agenda lotada de compromissos, hora marcada até para escovar os dentes e o descanso só vem entre um intervalo e outro. a semana nem começou e eu já começo a me preocupar se terei tempo de fazer tudo na próxima segunda-feira. as horas se confundem com os minutos e eu fico perdida até com que dia é hoje - e olha que eu escrevo a data num quadro branco pelo menos quatro vezes! chego até pensar que minha memória está escorrendo pelos meus ouvidos. o tique-taque do relógio, que antes era uma coisa calma e controlada, agora faz mais barulho que uma escola de samba, de tão veloz! onde vou parar? quer dizer, eu vou parar? isso tudo vai parar? a pressa é tanta que já existe tempo para escrever as palavras por comple …


3 comentários:

JEAN MARS disse...

meu amor, te entendo, e te acho um gênio. Você é esperta, e sabe como lidar com isso.
Inteligente, é o que você faz é o que você é, te amo por isso.

Renan Mendes disse...

A vida é assim mesmo. Pelo menos é o que eles nos dizem.

Inercya disse...

O mundo corre junto com as responsabilidades. Em terra de gente grande, quem tem tempo é rei!
:*