segunda-feira, 18 de junho de 2012

lua cheia.



.
Ela apertou o passo e pegou na mão esquerda dele, não se explicou e continuou andando normalmente. Antes dele fazer qualquer tipo de pergunta, uma voz gritou:
- PASSA! PASSA TUDO!
De começo ele pensou que ela também fazia parte, mas quando a olhou ela estava tremendo tanto quanto ele. Daí que ela jogou a bolsa no chão e disse que não possuía mais nada. Ele só tinha um molho de chaves - pois havia esquecido o celular e a carteira em casa. O ladrão nenhum pouco satisfeito, começou a vasculhar  a bolsa da moça e descobriu que só havia: um livro; um espelho; uma bala de melancia e o cartão do vale transporte - que ele ainda não sabia, mas estava zerado. Foi difícil saber do lado de quem o azar estava, até o ladrão gritar:
- NÃO VOU SAIR NO PREJUÍZO SOZINHO, VAMÔ TIRANDO A ROUPA!
Ele olhou pra cara dela e disse:
- Eu ouvi direito?
Ela olhou pra ele e deu de ombros, tirou a blusa e jogou na direção do ladrão, que torceu o nariz.
- Desculpa, era pra ser com emoção?
A risada dele saiu tão automaticamente que ele nem percebeu que o ladrão estava lhe encarando.
Enquanto ele tirava a camisa, ela já estava só com a roupa de baixo e meias - porque enquanto tirava as calças, ela disse que as meias ele não levaria! Passou-se dois minutos e meio e lá estavam os dois: de meias e roupa de baixo, sorte que era uma noite de lua cheia. 
O ladrão mandou eles olharem para o outro lado e sumiu como se tivesse evaporado no espaço.
Ela lhe desejou boa noite e foi andando como se nada tivesse acontecido. Ele apertou o passo e a puxou pelo braço. Antes mesmo de abrir a boca, ela foi logo dizendo:
- Já não basta perder as roupas, agora tu quer levar meu coração também?
Ele nem acreditou na pergunta, enquanto pensava numa maneira sensata de responder, ela evaporou - que nem o ladrão havia feito uns minutos antes.

3 comentários:

renatocinema disse...

Só você faz do cotidiano algo tão.......maravilhoso. lindo.

aline disse...

eu ri, assim, fácil.
imagino a situação!
melhor perder as roupas do que o coração?

Renan Mendes disse...

E levar o coração pode causar mais dano que roubar todas as nossas coisas materiais...