quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

já é sensação!



.
viajei dentro de um balão,
com você segurando a minha mão.

viajei dentro de um balão,
levando comigo a esperança e o coração.

viajei dentro de um balão,
comendo açúcar e mamão.

viajei dentro de um balão,
precisava tirar os pés do chão.


13 comentários:

renatocinema disse...

Simples e profunda;

Rasa e sensível;

Só uma poeta como você para descrever pouco e tanta coisa ao mesmo tempo.

Isadora Peres disse...

Tô precisando da mesma coisa...

Adorei, Fran. Seus poemas são sempre tão singelos, tem essa carinha de bobos, mas escondem o mundo inteiro de sensações e sentimentos. Lindo.

Marcelo R. Rezende disse...

Sempre bom
viajar entre as nuvens,
perder a cabeça
onde quer que seja.

Um beijo.

aline disse...

haha que gracinha!

meu sonho é um dia acordar, sabendo rimar! acho lindo!

Nati disse...

Eu também quero viajar dentro desse balão... Beijo

Thamires Figueiredo disse...

linda! :)
Seus poemas me fazem viajar na imaginação. Queria saber escrever feito você, pago pau '-'

Beijos, amiga linda s2

Gabriela Freitas disse...

Ando precisando viajar em um balão.

Iasmin Cruz disse...

Que linda sua simplicidade de escrever, visitei aqui hoje e adorei.
Tô te seguindo e todos nós precisamos dessa viajem,

http://iasmincruz.blogspot.com/

Inercya disse...

Sou fã de tuas rimas, flor! *--*

Tatiane Trajano disse...

Que singelo e bonito!

Erica Ferro disse...

Ai que bonitinho! *-*

Caroline disse...

Ah, que bonito.
Tem coisa que não precisa ser enfadada para ser encantadora!

Júlio Enders disse...

Lindo!!!
*-*