segunda-feira, 7 de novembro de 2011

da cidade.



.
A verdade é que eu queria te conhecer melhor, sabe?! Compartilhar segredos, medos e sonhos. Queria tanto poder te conhecer além dessa imagem que a internet oferece, ir além das gargalhadas e ultrapassar essa barreira que nos separa. Fico imaginando como seria te encontrar na rua, assim ao acaso - me esquecendo de que isso aconteceu de um jeito mais ou menos. Ou então numa fila de banco, para conversar e nem sentir as pernas doerem por causa da demora no atendimento. Você vai pensar que eu estou enganada, que se eu te conhecesse no real eu não iria te admirar tanto, mas posso garantir que você está enganado. A primeira vez que te vi de perto, me senti quase íntima, mas então me lembrei que blogs/vídeos só mostram um pedaço do que realmente somos. Parecerei boba ao dizer que naquele dia as minhas pernas tremeram e eu senti um pedaço do meu sonho se realizando. Você foi tão educado e simpático ao falar comigo, eu como sempre me tranquei dentro de mim e logo fugi da sua vista - me perdoe, não sei me comportar diante de situações assim. A cada atualização a minha vontade de te conhecer aumenta. Cada vídeo faz eu ter certeza de que você possui um dos sorrisos mais lindos que eu já vi, sem exagero - mentira, porque sempre que me refiro a você eu sou exagerada. Não o julgo como a pessoa mais feliz do mundo, porque sinto sua sinceridade quando fala de tristeza ou dores. Talvez o meu sonho de te conhecer além daqui nunca vá se realizar, não ficarei triste, porque aprendi muito com você e sou muito grata por  isso, obrigada de coração. Por favor, não vá pensar que estou apaixonada por você ou que sou dessas que ficam te stalkeando por aí - apesar de procurar saber de você sempre -, só sou mais uma das tantas almas que você tocou com seus textos/vídeos/fotos.
Eu só queria que você soubesse o que se passa no - meu - lado de dentro.

Nenhum comentário: