segunda-feira, 17 de outubro de 2011

arroz e feijão.



.
Colocou um sapato de algodão.
Chegou sem fazer barulho ou chamar a atenção. 
Com um passo de cada vez, foi conquistando  meu coração. 
Cada olhar fazia aumentar a emoção.
Carícias que aceleravam a palpitação.
Carregava um desejo de paixão.
Com início, meio e continuação.

5 comentários:

Thamires Figueiredo disse...

kkkk adooooorei demais! (:

beijos, minha fran :*

Marcelo R. Rezende disse...

Que fofura *-*

Henrique Miné disse...

adoooro textos que tem sempre a mesma rima desse jeito, fica tão, sei lá, gostoso!

ainda mais com coisas tão lindas assim escritas!

beeijo!

Caroline disse...

Aw, que delícia de texto.

Jaci Macedo disse...

Adoro suas rimas, de verdade. São sempre muito lindas e tocam a gente.

beijo, coração.