segunda-feira, 4 de abril de 2011

(...) mentos.



.
As coisas e os relacionamentos podem chegar ao fim, mas o sentimento pode ser até que a morte nos separe dele. E vou logo dizendo: isso não depende de você.
Sentimento é algo que vem de alguma coisa, de algum olhar ou do nada mesmo. Não sei você, mas eu sou tão lerda que só percebo a existência dele quando eu já não consigo mais controlar ou disfarçar. Também não sou do tipo que descobre e nega, sou do tipo sem vergonha que assume e compartilha com vários (des)conhecidos e anônimos.
Assim como a lua, os sentimentos também são de fases. Tem dias em que ele se encontra cheio, outras vezes é crescente, minguante e até novo.
E é por pensar assim que eu acredito que o amor não acontece só uma vez. Ele vem e fica, só que com outro formato. Às vezes, porque a gente tentar negar a existência ou então ele se encontra tão minguante que só o percebemos quando nos deparamos diante de alguma lembrança. 
Por muito tempo eu acreditei que os sentimentos fugiam junto com o relacionamento, mas todas as vezes que me deparo com alguma lembrança do passado ou do futuro-que-não-existiu algo mexe dentro de mim e eu percebo que ainda existe algo.

# eu te prometo nunca te fazer nenhuma promessa.

13 comentários:

renatocinema disse...

Que texto poético.......

Isadora Peres disse...

Awm, adorei a teoria, Fran! Eu nunca pensei nos sentimentos como a lua... Adorei! Genial!

E você tem razão, flor. Sentimento é uma marca na gente. Não tem como apagar nem preencher, só conviver com ela. E que a grande maioria seja boa, não é?! hahahaha

Beeeijos!

carla reis disse...

"eu te prometo nunca te fazer nenhuma promessa."
Que lindo!

Fil. disse...

Eu super concordo com você. É curioso como, relembrando um certo amor do paaasssaaaddoooo, algo se remexe em mim, algo doce, nostálgico. Delicioso.

Seria o amor-saudade? Ainda o amo? "Oficialmente" não. Mas se for refletir tudo isso, há algo vivo e doce!

Sempre bom provar dos sabores eternos <3
beijos, linda.

Renan Mendes disse...

Teus textos fizeram falta nesse tempo que passei longe do computador.
Que bom ler-te.

Ill Circus disse...

Meu amor, por enquanto, se encontra no stand by. Tá meio minguante o bichinho, coitado.

Caroline ; disse...

Concordo super, você sempre me surpreende com suas teorias e eu adoro isso! <3
selo pra você no blog!

Gabriela Castro disse...

É difícil explicar...às vezes, o sentimento por mais que se vá, continua.
beijos

Natália disse...

Não gosto de promessas, porque elas nunca são cumpridas...

Lindo, lindo como sempre *-*
Saudades daqui e de ti.

Beijo

Suzi Lima disse...

U___U Que droga...pior que é verdade...
Eu meio que me vi nesse texto.

Suzi Lima disse...

Acabo de me ver nesse seu texto U___U

Natália disse...

As coisas e os relacionamentos podem chegar ao fim, mas o sentimento pode ser até que a morte nos separe dele

Pior que é bem assim, o relacionamento acaba porque para continuar vivo precisa de 2 pessoas, não é que nem o sentimento, que não conseguimos controlar...

Beijo

Inercya disse...

Adoro tuas teorias. São incrivelmente verdadeiras, se pararmos para pensar.
Lindo, lindo o texto, *-*