domingo, 14 de novembro de 2010

cometa.


.
Há uns meses atrás eu encontrei o msn dele jogado numa comunidade de orkut, resolvi adicionar e vê no que ía dá. Sabe como é, o cara tem uma foto seduzindo e pronto, vamos ser amigos. Ele já tá cansado de saber que eu morria de vergonha dele, morria de medo dele me achar infantil demais - isso porque a nossa diferença de idade são só de alguns poucos meses - e medo de perder o gatinho de vista. Ele tinha um blog, totalmente diferente dos que eu via por aí, era algo pessoal e bem atraente aos meus olhos - eu só amo texto auto biográfico. Estava afim de escrever e estava com medo de não ter assunto e quando eu parei pra ler aquele blog do início ao fim, percebi que eu não precisava pesquisar sobre futebol, música ou novela, eu seria o assunto.
Já perdi as contas de quantas vezes escrevi pra ele, seja por meio de texto no blog ou no tumblr, seja na janela do msn, num tweet qualquer ou depoimento/recado de orkut. Só que a cada música que trocamos, eu vejo e percebo que tenho muito o que dizer, ainda bem que temos planos de vivermos juntos pro resto da vida.
Declarações é o que não falta na gente, mas não é algo chato ou clichê, é algo que vai além disso. Não, não somos um casal, mas chamamos a mãe do outro de sogra. Planejamos a melhor festa de casamento e até o nome de nossos futuros filhos - e olha que essa ideia só ele pra me fazer aceitar.
Tô aqui ouvindo uma música de Nando Reis e Roberta Campos e eu poderia simplesmente jogá-la aqui e pronto, ela diz metade do que existe no meu coração. Só que ele merece mais, muito mais.
Esse amor que habita o meu coração é real e forte, porque ele ultrapassa a barreira do ego. Não é algo pra nutrir minha vaidade, é algo que ajuda a minha alma despertar.
Muito eu ainda direi, muito ainda se ouvirá falar sobre nós e muito ainda viveremos.

"Essa coisa de fazer o mundo acreditar
Que meu amor, não será passageiro

Te amarei de Janeiro à janeiro

Até o mundo acabar" (♪)


6 comentários:

Jee Mars disse...

O muito pra gente é pouco, o cometa da minha vida passou e deixou uma cicatriz em mim, sério fran, o buraco que vc fez no meu coração é enorrrrme, mas é por esse buraco que entra o sentimento mais bonito que eu ja senti, eu naum sei dizer o que eh não, só sei que eh o melhor que eu já senti em 21 anos. Desculpa se eu não consigo transmitir em palavras o que eu sinto por vc, porque passa o natural e o sobrenatural.

Renan Mendes disse...

Morri com o comentário do Jee Mars...
Que bonito! O texto e o comentário...

Bell Souza disse...

Minha Linda Elis... Mulher de sorte essas [nós] que tem um amor inusitado e todo criativo.
Beijas, flor!

Natália disse...

Tenho certeza que irei continuar a amar desse mesmo jeito. é triste. beijo

renatocinema disse...

Pena que em alguns casos o Dezembro chega antes do janeiro do amor. kkk. Mas, vale mais um segundo sincero de um amor impossível do que uma vida de amor "ilusão". é o que penso.

beijos

Luciana Matos disse...

Adoro ainda poder acreditar no amor. Adoro!
Beijo da Lu