quinta-feira, 14 de maio de 2015

sem título.




.
parei de escrever e fui viver. fui praticar minhas prosas e conjugar meus atos. quis praticar minhas próprias teorias. espalhar minhas rimas. encontrar novas frases. conhecer faixas novas. em cada encontro um novo ponto. exercer a memória pra alembrar as notas que antes eram apenas mentais. andei sorrindo com o corpo, com abraços e gritos. olhei a vida como ela é e voltei pra escrever com fé.

2 comentários:

Eric Souza disse...

meu nenem ♥

Berg Dantas disse...

bom mesmo é ler você. sempre bom! <3