quarta-feira, 4 de março de 2015

ato qualquer. {2}



.
hoje o dia não amanheceu lindamente cinza, o céu se encontra no tom claro de azul e os passarinhos estão a cantar no quintal do vizinho. o sol amanheceu mais preguiçoso do que eu e espero que ele permaneça assim amém. 
todos temos preferência por algo, eu por exemplo: adoro as quartas e uma caneca de café com duas moedas de leite pela manhã. do mesmo jeito que por mim todos os dias seriam cinza, apesar deu saber que o sol também é importante e merece uma chance. 
o mundo seria mais interessante se todos andassem por aí de pijama. fosse de flor, de personagem de quadrinho, de bolinha e até sem estampa alguma. poderia ser calça, short, bermuda, regata, camisa ou camiseta. 
uma meia nos pés e o cobertor só fica incumbido de proteger azorelhas. um travesseiro pra cabeça, outro para o meio das pernas e um terceiro para os dias de carência aguda. 
cartas, bilhetes, post it, guardanapos e rascunhos todos rasbicados com lapiseira e uma letra caseira. nunca gostei de corretivo, por isso sempre usei adesivo. (sô rimeira meRmo, até quando não quero)
aleatoriamente tô me esvaziando, como uma pia entupida que aproveita as brechas para escorrer. 

Nenhum comentário: