quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

cinquenta seis tons de amor.



.
é com imensa vergonha que venho dizer que nem lembro mais qual foi a última vez que escrevi sobre a gente e pra gente. porque o dia doze de cada mês tem se passado tão rápido e quando eu me dou por mim já trocou de roupa pra virar treze. (minhas condolências). 
fiquei escrevendo e apagando ... escrevendo e apagando, porque estava com medo de já ter se esgotado todas as palavras e expressões de afeto. mas sempre há algo a se dizer, nem que seja pra lembrar o quanto eu amo você.
há quarenta-quatro meses atrás eu estava vestida de Elis e escrevendo sobre nosso primeiro aniversário e hoje me alegro em perceber que nosso X só tá aumentando! (rins sorrindo) dai que relendo o texto eu notei que sonhos realmente podem ser mudados ... (suspiros de ansiedade).
dai eu fui olhar meu acervo e descobri que eu só comemorei - publicamente - nosso aniversário só no primeiro ano (espaço pra mais um pouco de vergonha). comecei a me sentir uma péssima pessoa, até que encontrei outros textos que te escrevi, como esse daqui - quando eu tinha um medo misturado com esperança. e voltando um pouco mais eu encontrei esse outro - sô uma fofa, né? ( ~riaria~ ) há ainda outros tantos por essa internet de meudeos, mas eu queria fechar com esse que é puro amor. ( alt + 3)
quantos planos já efetuados com sucesso! (para nooooossa aleeegriiiia)! e ainda temos uma lista tão grande pela frente. 
hoje eu não tenho mais aquele medo de antes, porque apesar dos pesares estamos aqui: firmes, fortes e se amando! obrigada por existir e por nos fazer existir.



'se cuida, ou vem pra cá. 

Um comentário:

Waldembergue Dantas disse...

o mais legal é ver o quanto nós mudamos de lá pra cá, quanta coisa já aconteceu e... "só não cai o meu amor, pois não tem jeito, é imortal!" :D
como estou grato de ter te conhecido, como me orgulho do dia 12 de junho, quando resolvi me aproximar de uma 'estranha' que me aprecia tão legal, e hoje, 56 meses depois (quase o financiamento dum apartamento, rs) comemoramos esse relacionamento cheio de verdade que nos faz tão bem, todo esse tempo e por mais um tempo x infinito!
gosto de ver o quanto só evoluímos, e o quanto ajudamos um ao outro em problemas parecidos. como somos iguais as vezes! hihi
é bom ter você na minha vida, e não me imagino sem esse meu girassol do nordeste por perto! <3
obrigado pelo lindo texto, pela retrospectiva e por existir e ser tão incrível!
você sabe, mas é sempre bom dizer: eu sou seu fã e te amo muito!