segunda-feira, 7 de outubro de 2013

errata.




.

quero acreditar fielmente que o que estou sentindo por você é de verdade. que não é só um capricho do meu ego orgulhoso. te quero de volta, porque gosto de ser par com você. seus carinhos alcançam minha alma e acalmam meu espírito. seu olhar faz eu me sentir amada e desejada. suas palavras ultrapassam a barreira do ego e me tocam o coração, a ponto de me fazer desistir da pluralidade pra me tornar singular. não quero desistir antes de ter certeza de que não dependeu só de mim. não quero olhar pra trás e perceber que o a palavra final foi dada pelo ego. me perdoe o desjeito com o português, é o que o ódio tem um vocabulário mais recheado que o amor. tô tão acostumada a inventar sentimento, que quando é pra falar de mim mesma, na vera e real, eu perco a voz e a consciência. mas tô tentando me tornar melhor nesse quesito, só preciso praticar mais. 

amo você e seu nariz grande.

Nenhum comentário: