quarta-feira, 17 de novembro de 2010

três minutos.

.
Não é miojo ou algo semelhante, mas durará apenas três minutos. Será tão instantâneo que correrá o risco de conter vários erros gramaticais, não me importo. Tô só escrevendo e prestando atenção na música que toca. Olhando pro andamento do download que tá baixando em outra janela. Digitando com as unhas, enquanto as mesmas secam, pois eu acabei de passar base. A verdade é que eu só queria postar algo não meloso, não pensado e não suspirado. Sem querer me joguei no assunto e antes que eu comece a dizer que o Natã tá me fazendo feliz pra caramba, que ele tá me apresentando novas sensações, que com ele eu não preciso de pressa ou hora marcada, darei tchau e colocarei um ponto final.

# se te canto, tu me levas.

13 comentários:

Mari disse...

Owwwnnnn. Não adianta. Não dá pra ser menos meloso quando se está apaixonado.

=D

Renato Alexandre disse...

impossivel segurar a emoçao qndo tentamos trabalhar a razão.rs

curti !
bjus

tati_nanda disse...

concordo com a mari.
moça linda, perdão pelo emu sumiço, ando muito agitada.
posto rápido e com pouca inspiração.
e atropelando tudo.
mas aqui estou eu.
beijo no coração

renatocinema disse...

Que seja eterno enquanto dure.....que seja três minutos ou três anos. O que vale é a intensidade.

Marcos de Sousa disse...

Quando estamos amando, por mais que tentamos, sempre somos um pouco melosos.

Beijos

dear sarah disse...

Natã é um sortudo e nada que escrevemos sobre o amor é meloso. Hihi ;~

Josefina disse...

Ownnnnn! *----*

Renan Mendes disse...

Valeu pela tentativa, mas concordo com a galera aí de cima. Difííícil não soar meloso.

Renan Mendes disse...

Tem um presente pra você lá no blog.
Beijas.

Isadora Peres disse...

Escrever com música ao fundo é melhor coisa que tem! Ainda mais se é uma música que nos remete ao nosso amorzinho, hihi. E boa sorte ao casal (já é casal?)!

p.s.: Não tente ser menos melosa. Aproveita e relaxa. Se alguém se sentir incomodado com tanto amor, não ligue, é invejinha. haha
p.s.2.: Também concordo que Deus é questão de nomenclatura. E etc. Assuntos muitos complicados, rs

Unknown Man disse...

É mesmo lindo quando descobrimos o verdadeiro amor. Sabemos que é o maior e o mais bonito :)

circus disse...

Ah não, deixa disso! Fala ai o que se passa nesse coração juvenil cheio de amor :D haha

Natália disse...

Tem vezes que falar só de amor cansa. beijo