quarta-feira, 3 de novembro de 2010

ato trinta.


.

tem amor que não morre, tem amor que não troca de roupa, tem amor que não pega no sono, tem amor que não muda, tem amor que não diminui, tem amor que não se cala, tem amor sem prazo de validade, tem amor com presente-passado-futuro, tem amor que só dura, tem amor que resiste ao tempo, tem amor que não enfraquece coma  rotina, tem amor que não desiste, tem amor que não joga a toalha, tem amor que não perde a esperança, tem amor que só existe. 

esse será o meu amor por você.

# eu poderia viver muito bem sozinha, mas não quero.



9 comentários:

Mari disse...

Aaaahhhh... ♥ Me fez lembrar do que o John Lennon falou "dia desses": 'é claro que eu poderia viver sem a Yoko, mas não quero'.

Beijo!

Betina. disse...

HAHA' Já estive em muitas ondas auto-suficientes! Mas agora preciso de colo de namorado cheiroso e fofo .-.
Como você mesma disse "eu poderia viver muito bem sozinha, mas não quero"
Adorei, flor ~.~
bjin

renatocinema disse...

Viver sozinho???é melhor morrer antes. Sou dependente de relacionamentos sinceros e verdadeiros.

Marcos de Sousa disse...

Ah, o amor... Existe ao mais belo?!

Amei essa parte: "eu poderia viver muito bem sozinha, mas não quero"

dear sarah disse...

O amor verdadeiro jamais vai embora, e nunca morre.
Respondi o email ;)

Renan Mendes disse...

Que bonito.
Mas eu não sei se poderia viver sozinho. Não completamente.

Bell Souza disse...

às vezes me pergunto se esse teu amor existe... ou se são só palavras. gostaria de ter a certeza de que ele existe sim, no final das contas.

Inercya disse...

Viver sozinho só para quem não ama (e acho muito dificil encontrar alguém assim).
É tão bom ter um amor, não é? :)
:*

Kivia Nascentes disse...

Tem amor assim, que é lindo e profundo, e melhor incondicional. Amei amei amei.
beijos.